A ClickMonografias e uma empresa objetiva e clara nos seus negócios, por este motivo me senti super seguro em contratar os serviços. Já comprei minhas pesquisas de monografias, trabalhos escolares e muitas outras pesquisas para trabalhos universitários e recomendo.
CLIENTE - PAULO MEDINA
 
Trabalhos Acadêmicos
Projetos de Monografias
Plano de Marketing e Neg.
Artigos Científicos
Trabalho de C. de Curso
Monografias de Graduação
Monografias de Pós-Grad.
Dissertações de Mestrado
Teses de Doutorado
Trabalhe Conosco
Segurança do Site
S.L.A - Acordo N. Serviço
Contrato de P. de Serviço
Parceiros do Site
Mapa do Site
 
 

RESENHA CRÍTICA: COMO FAZER UMA BOA RESENHA?

A resenha crítica é uma fonte documental para registros de armazenamento da coleta de dados. Nela o pesquisador irá apresentar a obra formulando um conceito sobre o valor do livro.

Todo mundo que freqüenta o blog está acostumado a ler várias resenhas toda semana, mas afinal, o que é e o que precisamos saber para escrever um texto desse tipo?

Como um gênero textual, uma resenha nada mais é do que um texto em forma de síntese que expressa a opinião do autor sobre um determinado fato cultural, que pode ser um livro, um filme, peças teatrais, exposições, shows etc.

O objetivo da resenha é guiar o leitor pelo emaranhado da produção que cresce a cada dia e que tende a confundir até os mais familiarizados com todo esse conteúdo.

Como uma síntese, a resenha deve ir direto ao ponto, mesclando momentos de pura descrição com momentos de crítica direta. O resenhista que conseguir equilibrar perfeitamente esses dois pontos terá escrito a resenha ideal.

No entanto, sendo um gênero necessariamente breve, é perigoso recorrermos ao erro de sermos superficiais demais. Nosso texto precisa mostrar ao leitor as principais características do fato cultural, sejam elas boas ou ruins, mas sem esquecer-se de argumentar em determinados pontos e nunca usar expressões como “Eu gostei” ou “Eu não gostei”.

Tipos de Resenha

Até agora eu falei sobre as resenhas de uma forma geral e livre e esses dados são suficientes para você já esboçar alguns parágrafos.

Contudo, as resenhas apresentam algumas divisões que vale destacar. A mais conhecida delas é a resenha acadêmica , que apresenta moldes bastante rígidos, responsáveis pela padronização dos textos científicos. Ela, por sua vez, também se subdivide em resenha crítica , resenha descritiva e resenha temática .

Na resenha acadêmica crítica, os oito passos a seguir formam um guia ideal para uma produção completa:

•  Identifique a obra : coloque os dados bibliográficos essenciais do livro ou artigo que você vai resenhar;

•  Apresente da obra : situe o leitor descrevendo em poucas linhas todo o conteúdo do texto a ser resenhado;

•  Descreva a estrutura : fale sobre a divisão em capítulos, em seções, sobre o foco narrativo ou até, de forma sutil, o número de páginas do texto completo;

•  Descreva o conteúdo : Aqui sim, utilize de 3 a 5 parágrafos para resumir claramente o texto resenhado;

•  Analise de forma crítica : Nessa parte, e apenas nessa parte, você vai dar sua opinião. Argumente baseando-se em teorias de outros autores, fazendo comparações ou até mesmo utilizando-se de explicações que foram dadas em aula. É difícil encontrarmos resenhas que utilizam mais de 3 parágrafos para isso, porém não há um limite estabelecido. Dê asas ao seu senso crítico.

•  Recomende a obra : Você já leu, já resumiu e já deu sua opinião, agora é hora de analisar para quem o texto realmente é útil (se for útil para alguém). Utilize elementos sociais ou pedagógicos, baseie-se na idade, na escolaridade, na renda etc.

•  Identifique o autor : Cuidado! Aqui você fala quem é o autor da obra que foi resenhada e não do autor da resenha (no caso, você). Fale brevemente da vida e de algumas outras obras do escritor ou pesquisador.

•  Assine e identifique-se : Agora sim. No último parágrafo você escreve seu nome e fala algo como “Acadêmico [...]'

Na resenha acadêmica descritiva, os passos são exatamente os mesmos, excluindo-se o passo de número 5. Como o próprio nome já diz, a resenha descritiva apenas descreve, não expõe a opinião o resenhista.

Finalmente, na resenha temática , você fala de vários textos que tenham um assunto (tema) em comum. Os passos são um pouco mais simples:

•  Apresente o tema : Diga ao leitor qual é o assunto principal dos textos que serão tratados e o motivo por você ter escolhido esse assunto;

•  Resuma os textos : Utilize um parágrafo para cada texto, diga logo no início quem é o autor e explique o que ele diz sobre aquele assunto;

•  Conclua : Você acabou de explicar cada um dos textos, agora é sua vez de opinar e tentar chegar a uma conclusão sobre o tema tratado;

•  Mostre as fontes: Coloque as referências Bibliográficas de cada um dos textos que você usou;

•  Assine e identifique-se : Coloque seu nome e uma breve descrição.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

MARTINS, GA & LINTZ, A. Guia para a elaboração de monografias e trabalhos de conclusão de curso . Editora Atlas, 2000 (exemplar do professor)